BLOGGER - BLOGGER

17 de outubro de 2006

Negra Li, agora solo ,,,

Sem o parceiro Helião, parceiro em seu primeiro trabalho após a saída do grupo RZO, sem o rap, com pose de diva americana de r&b. É assim que Negra Li aparece em seu novo CD, "Negra Livre", o primeiro solo de uma carreira que começou no hip hop (no grupo RZO) e chega ao cinema e à TV pelas mãos da diretora Tata Amaral.
Negra Li, 27, é a protagonista do filme "Antonia", que foi exibido, no Festival do Rio, e cuja versão televisiva será mostrada na faixa antes ocupada por "Cidade dos Homens", na Globo. Dito isso, ao disco: livre para apostar em seu gosto pessoal, Negra Li aparece mais cantora do que rimadora, característica que ela diz ser o seu forte, mesmo nos tempos de rap. "Quero expandir, ampliar meus conhecimentos, fazer músicas para todos os gostos." Isso inclui "samplear" uma canção de Marisa Monte, "Você Vai Estar na Minha", que aparece mais dançante, com versos de Lino Crizz, do Motirô, e interpretar duas versões para músicas em inglês, feitas pelo ex-parceiro Helião e por Dudu Falcão. Caetano Veloso aparece como figura ilustre do disco, dividindo os vocais com Negra Li na romântica "Meus Telefonemas". Além dele, há também a participação de Nando Reis, autor da música que dá nome ao trabalho. O repertório alterna momentos inspirados nos raps ou na faixa-título- com fracas músicas românticas.
.
.
+ Sobre a série (Antônia)
.
A série é fruto do filme de mesmo nome, dirigido por Tata Amaral e apresentado no Festival do Rio. Mostra justamente a batalha de quatro meninas que formam um grupo de rap, o Antônia - a trama do seriado é passada dois anos depois da do filme, que será lançado em janeiro. "Ser atriz me ajudou no palco, tinha vergonha de falar com as pessoas", conta.
.
A identificação de Negra Li com sua personagem, Preta, é total. "Senti a minha evolução do filme para a série. Emprestei meu jeito de andar e minha cara de invocada para a Preta. Chegava em casa e chorava depois de gravar. Não era esforço físico, mas emocional", explica.
Negra Li diz que as coincidências com Preta vão além. Assim como a aspirante a cantora, ela foi criada em Vila Brasilândia, periferia de São Paulo, onde se passa a série - morou lá até o ano passado. "Minha mãe na série também é evangélica. Quem faz é a Sandra de Sá."
.
A cantora fez curso de teatro ainda pequena, mas não levava fé que pegaria o papel ao se reunir com Tata Amaral pela primeira vez. "Falei da minha vida e até chorei."

4 comentários:

Anônimo disse...

Gente!!
naum é por nada naum..
mas tem que se ler pelo menos antes de sair colnado matéria de outros blogs..
para naum pagar esse mico..
o Festival do Rio já passou semanas..
naum é hj como saiu na matéria sobe a Negra Li..
tomem cuidado..
querem fazer blog só para dizer que tem
saibam pelo menos colar matérias alheias..
lamentável
tem gente que acha que só porque tem net, qualquer um pode escrever!!

blequimobiu disse...

Ok anônimo, muito obrigado, primeiro pela atenção, segundo por nos ajudar a informar.

Este blog nunca se posicionou como concorrente a nenhum tipo de status, de melhor ou pior, de mainstream ou underground, de militante ou porra louca, simplesmente escrevemos ou reproduzimos coisas que curtimos.

Somos humanos e erramos, ficamos felizes quando as pessoas nos ajudam e alertam destas falhas, afinal sempre afirmamos que o blog é de tod@s.

Ninguém aqui é formado em jornalista, ganha dinheiro ou vislumbra nenhum prêmio com o que fazemos simplesmente fazemos por amor.

Graças a Deus pra escrever na net ninguém precisa de diploma, senão seria complicado a nossa comunicação, afinal sabemos bem que na pressa dos afazeres cotidiano muitas vezes passamos batidos em regras básicas do português, "né naum?"

Mas ficamos agradecidos mesmo pela sua contribuição, na próxima nos passe o link de onde você viu antes a máteria que daremos o crédito com todo prazer, nosso serviço aqui é fazer a informação torna-se pública eim momento nenhum estamos aqui disputando exclusividade em nada, ok!

E quando tiver um tempo por favor comente também as coisas que curte, ou será que no meio de tantas coisas só percebeu a data errada de um evento?

Deus te abençoe e esteja em paz contigo mesmo!

Michel aka BlackBoy disse...

Tenho saudades da Negra Li das antigas...essa parada de solo num curti não..sinceramente, a "mídia" a tomou de réfem..infelizmente..

Noise D disse...

Falou tudo, Blequi.

Fica na paz ae, "Anônimo".