BLOGGER - BLOGGER

2 de outubro de 2006

Evento comemora 10 anos de Movimento Hip-Hop na Bahia


Evento comemora 10 anos de Movimento Hip-Hop na Bahia

Em comemoração aos 10 anos de movimento Hip-Hop Organizado na Bahia, a Rede Aiyê Hip-Hop realiza nos dias 07 e 08 de outubro (sábado e domingo), das 8h30 às 17h, no Teatro Gregório de Matos – Salvador/Ba o Painel: Direitos Autorais Caindo na Rede. O evento integra um ciclo de atividades sociais e culturais voltadas para a o fortalecimento da comunidade hip-hop na Bahia.

A proposta do Painel é discutir no âmbito do direito autoral, a área autoral e conexa com foco central na música, a fim de possibilitar que os adeptos da cultura tomem conhecimento sobre a existência da lei 9.610 de 1998, e como a sua utilização vem sendo feita pelos artistas e os escritórios responsáveis pela arrecadação e distribuição. As palestras serão ministradas pela produtora Rita Cajaíba, com participação especial do artista e militante do movimento hip-hop, Gaspar, integrante do grupo de rap Záfrica Brasil – São Paulo.

O objetivo é possibilitar que a juventude envolvida com a cultura hip-hop possa conhecer todo o universo que envolve o direito autoral, principalmente no âmbito musical, ter acesso à regularização de seus produtos artísticos, assim como garantir que esses jovens possam se cadastrar regularmente em uma associação de músicos e assegurar o registro de suas produções.


PROGRAMAÇÃO DO PAINEL


I DIA - Sábado (07/10)

MANHÃ
8h Abertura oficial - Boas vindas Rede Aiyê Hip-Hop
8:30h Mestres de Cerimônia - Performance de DJ / roda de Freestyle e Breaking c/ representantes de cidades baianas
9h Painel Direitos Autorais [área autoral, área conexa] – Rita Cajaíba
12h Almoço / Exibição de vídeo “3° Encontro Baiano de HipHop”

TARDE
13:30h Mestres de Cerimônia – Performance de DJ e Breaking
14h Painel Direitos Autorais [área autoral, área conexa] – Rita Cajaíba
17h (Lanche) Encerramento – Performance de DJ e Freestyle

II DIA – Domingo (08/10)

MANHÃ
8h Mestres de Cerimônia
8:30 Performance de DJ, Freestyle e Breaking
9h Painel Direitos Autorais [área autoral, área conexa] – Rita Cajaíba
12h Almoço / Exibição de vídeo “3° Encontro de Gênero e HipHop Bahia”

TARDE
13:30h
Exposição Direitos Autorais no Hip-Hop - Gaspar
14:30h Debate
16:30h Lanche
17h Show: Simples Rap’ortagem e Fúria Consciente

Sobre os 10 anos

Embora já exista a manifestação de elementos da cultura hip-hop na Bahia desde a década de 80, a exemplo do breaking e do dj, o hip-hop só se constitui enquanto movimento organizado a partir de 1996, sendo o dia 26 de abril a data que marca o surgimento do movimento, data memorada no I° Encontro Baiano de Hip-Hop [2003, Itapetinga]. 26 de abril de 96 foi a primeira reunião para articulação de um movimento, acontecendo em Salvador, no Passeio Público envolvendo grupos de diferentes bairros. Os grupos de rap foram Elemento X, Simples Rap’ortagem, Ideologia Alicerce e Erê Jitolú, além da equipe de graffiti DN. Com as reuniões semanais e atividades sócio-culturais, novos atores se somam, essa articulação cresce e é batizada de Posse Orí. Surgem outras Posses [núcleo de hiphop de um determinado bairro] ao tempo que se estreita a articulação com os municípios baianos de Lauro de Freitas, Alagoinhas e Itapetinga.
Essa articulação se fortalece com o surgimento da Rede Aiyê e da realização dos Encontros Estaduais de Hip-Hop [I° e II° em Itapetinga – 2003, III° em Vitória da Conquista - 2004] e com os Encontros Estaduais de Gênero e Hip-Hop [I° e II° em 2003 em Salvador e Vitória da Conquista respectivamente e o III° em Lauro de Freitas – 2005]. Hoje a articulação do Movimento Hip-Hop Baiano envolve cerca de 12 municípios: Alagoinhas, Rio de Contas, Lauro de Freitas, Itapetinga, Piau, Salvador, Lençóis, Rio do Meio, Barra do Choça, Pau Brasil, Brumado e Ilhéus.

Além do Painel: Direitos Autorais Caindo na Rede, a Posse Clã Periférico do Bairro da Paz, que também integra a Rede Aiyê, estará realizando, nos dia 14 e 15 de outubro, o Seminário Livre Orientação Sexual: Uma questão em debate. A atividade pretende comemorar o aniversário de 6 Anos da Posse no Bairro da Paz e os 10 Anos Movimento da Bahia. E para o fechamento do ciclo, será realizado durante o mês de dezembro o I Feirão Rede Aiyê Hip-Hop, que pretende reunir produtos de hip-hop de todo o Estado para exposição e venda, além de atrações musicais, performances de breaking, dj, grafitt e campeonato de free style entre mulheres e homens do movimento.

A Rede Aiyê Hip-Hop

É uma rede de articulação do Movimento Hip-Hop de Salvador e Lauro de Freitas que objetiva contribuir com a valorização e fortalecimento do Hip-Hop a nível municipal e estadual. A Rede surgiu em 2001, período de conflitos e desesperança na cena local, através de um seminário que reuniu diversos seguimentos em divergência para pensar os rumos do Movimento em Salvador e Lauro de Freitas. É formada por indivíduos, grupos, núcleos e Posses, contando com cerca de 300 integrantes entre militantes, simpatizantes e colaboradores representantes desses dois municípios. Desde seu surgimento reune-se todas as sextas-feiras no Passeio Público [Campo Grande], às 20h. A Rede foi a principal colaboradora na articulação do 1° Encontro Nordestino de HipHop realizado em Recife entre 07 e 09 de setembro 2006, envolvendo oito estados nordestinos.

Serviço
O que: Painel: Direito Autoral Caindo na Rede
Quando: 7 e 8 de outubro 2006
Onde: Teatro Gregório de Matos
Contatos:
- Eliciana Liz (Rede Aiyê Hip-Hop)
elicianaliz@yahoo.com.br 71 8844-1025

- Simone Gonçalves (Rede Aiyê Hip-Hop)
negramone@hotmail.com 71 99957611

- Tom (Clã Periférico / Rede Aiyê)
71 8188-0183

- Jorge Hilton (Rede Aiyê Hip-Hop)
jorgehilton@yahoo.com.br 71 9928-5888

- Black [Ivan] (Hip-Hop Itapetinga)
77 3261-1885 / 77 3261-2324

- Mc Mamá (Hip-Hop Alagoinhas)
75 9114-7291


Núcleo de Comunicação da Rede Aiyê Hip-Hop
Angélica Santos (71 88284607)
Dj Branco (71 91510631)
redeaiyehiphop@yahoo.com.br

2 comentários:

Nelson Maca disse...

por que meu comentário não entrou?

Nelson Maca

blequimobiu disse...

Não sei nego, falha no sistema, pode ter certeza.

Paz!