BLOGGER - BLOGGER

30 de outubro de 2007

As veses é assim...

As veses é assim
Não da vontade de nada
de fazer nada
ou melhor de escrever nada
mais leio tudo
subo em cima do muro
e me faço de burro
leio absurdos que me deixam meio puto
mais não sei ainda o que é luto
mais luto, luto conta a apatia
contra suas palavras vazias
luto para que elas não se tornem minhas
e para que nunca esqueça as minhas
minhas opiniões
eu tenho minhas opiniões
e mesmo que não te sirva pra um tostão
elas me valem milhões
não milhões de reais, rapaz
milhões de suspiros
res - pi - ra - ção
ah como é bom estar vivo
sobre minhas prórias pernas
meu próprio eu
meu próprio comando
não preciso passar pano né
sou sincero e acaricio com as mão mesmo
sempre te vejo como espelho
e quando me acho feio trato de revê-los
sim, meus irmão, mesmo sendo assim são meus irmão
um fortes, outros fracos, vários vacilãos
mais é isto, a vida é isto
família
e as veses é assim...

1 comentários:

dan disse...

caralho. foda. me identifiquei com um monte de coisa. nem vou falar muito. ta tudo escrito aí...

abraços, rangel!